Muito interessante a perspectiva apresentada neste tese de mestrado. Com o bem disse Vivianne Amaral, a conversa já se mostra diferente e interessante dado que os autores “não usam a expressão acessar mas sim aceder. São bem diferentes os significados, podem estar reforçando ou criando uma nova acepção para aceder”.

Na escola há ensinagem. Há aprendizagem de duas formas, uma ao longo da vida e a outra informal.

The idea of the PLE purports to include and bring together all learning, including informal learning, workplace learning, learning from the home, learning driven by problem solving and learning motivated by personal interest as well as learning through engagement in formal educational programmes. (Attwell, 2007b)

“Lubensky (2006) já se tinha referido ao PLE como uma possibilidade que o individuo possui para aceder, agregar, configurar e manipular artefactos digitais durante as suas experiências de aprendizagem.” (Paulo Simões)

Leia mais em http://www.pgsimoes.net/blog/?p=5 ou no artigo abaixo.

 

PLE – Ambientes Pessoais de Aprendizagem


0 comentário

Deixe uma resposta