Reescrevendo um vocabulário

vida cotidiana que transversa os sentidos

luz, novos tatos

inibem o figurino

 

 

Uma tentativa torpe

Um canalha em pregas

Cerrado a teu próprio selo

Selado a teus desejos

 

Quem sabe assim você não consegue entender minhas palavras

 


0 comentário

Deixe uma resposta