Seguinte: o corre aqui em Itu está insanamente incrível. Pensa que se vc sai às 7h da manhã disposta a sentar e trocar idéias e fazer coisas relativas à água você pode ficar o dia todo assim. Na madruga a geral dorme, fica na net, trepa, etc. Barricadas costumam durar até às 1h da manhã.

Ontem tinhamos 5 pela cidade. Vários grupos se formam, conselhos, comitês, hoje a noite criamos um acordo para uma força tarefa em permacultura, tem de tudo juntando todo mundo – mesmo (tem um querendo marcar reunião com o skafinho semana que vem). Tensão total e muita ação jurídica chata, etc.

Aí criamos o 13300.org que é o cep da cidade e nele temos o nosso canal de informação com ferramentas de mapeamento colaborativo, rola app pra android, etc.. somos imprensa agora.

Isso é lindo. Se sair andando em todo bairro tem gente trocando idéia e realmente fazendo o que dá na telha. Furtam água mas tb reabrem bicas, “recuperam” mal e porcamente as nascentes, etc.

Prefeitura um bando de pau no cú mentiroso que se entrincha na técnica que ainda cita Malthus ou modernizou lendo o que quer na Carta da Terra, da corrupção e roubo de cara lavada em um monte de situação. Não há 1 ponto de apoio lá dentro para nenhum movimento, é realmente um castelo.

Tem muuuita gente nova que agora é ambientalista. O clima massa, a galera curte aqui o lance de netweaving né? Então alguém acorda e chama encontro para de noite e vai um monte. Estamos aprendendo muito com isso, tudo muito rápido dá nó em quem é engessado.

E eu e Cristiano pensamos que eles precisam do bastão que está concentradaço-ço nas nossas mãos. Meia dúzia e tal SABE TUDO sobre TUDO o que TODO MUNDO deveria saber e não sabe relativo a meio ambiente e água.

Ai estamos convocando o I Fórum das Pessoas pelas Águas.

Até domingo a gente tem uma lista de quem tá dentro auqi na cidade. Tamo tentando juntar a turma toda em um encontro tipo o que sempre fizemos nos CJs, levar os mais velhos e dar oportunidade de contato, open spaces, etc Se der trazer o Ônibus Hacker, coisas assim.


0 comentário

Deixe uma resposta